Terça-feira, 24 de Julho de 2007

Não é por nada

Não é por teres essa capacidade de me fazeres rir nas alturas menos prováveis... é porque me dizes que só me podes contar aquilo a mim, porque só eu vou entender...
Não é porque me chamas "princess" o tempo todo... é porque me fazes sentir uma.
Não é por seres o meu placebo. Todas as dores me passam quando falo contigo.
Não é por seres inteligente, capaz de entender as minhas piadas. É por seres único.
Não é por seres meu amigo, mal nos conhecemos. Mas é um processo que estou a adorar...
Não é por nada... é por tudo. É esse ar de puto malandro, essa palavra na altura certa, esse olhar nos olhos, essa voz de mel, esse carinho.
publicado por Brisa às 22:12
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

.Julho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Sem título

. Não é por nada

. Apaguei-te

. ...

. Não me feriste de morte

. Aos poucos

. Triste

. Bonita

. Cansaço

. Sempre que...

.arquivos

. Julho 2007

. Setembro 2006

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds